Share price at 08:20

0.00 - 0.00%

Share price information delayed at least 15 minutes

Barroso Lithium Project

Projeto Lítio do Barroso, Portugal

O mais significativo projeto convencional de lítio na Europa

  • O recurso mais significativo de espodumena de lítio de rocha dura da Europa
  • Lítio produzido de forma responsável com técnicas convencionais e um compromisso em minimizar a pegada de carbono
  • Produção suficiente de lítio para aproximadamente 0,5 milhões de baterias para veículos por ano
  • Inclui um contrato de concessão mineiro de 30 anos (concedido em 2006) e uma aplicação de concessão mineira de 3 blocos 
  • A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) emitiu uma Declaração de Impacte Ambiental favorável (DIA)
  • Novo estudo de âmbito concluído em 2023 demonstrou:
    • Economia altamente positiva
    • Baixo risco técnico
    • Valor acrescentado de coprodutos (feldspato/quartzo)
  • Conclusão do Processo de Licenciamento
  • Conclusão do DFS
  • Acordos de compra e parcerias estratégicas
  • Decisão Final de Investimento
  • Financiamento e Construção
  • Comissionamento e Produção
  • Unidades geradoras de cash flow
  • Descarbonização do projeto, visando a produção de lítio com emissões zero de carbono
  • Expansão de recursos e prospecção adicional

A energia renovável de Portugal e as infraestruturas existentes aumentam o potencial do Projeto

  • Projeto localizado no norte de Portugal, perto da fronteira espanhola
  • Eletricidade local produzida principalmente a partir de fontes renováveis com zero emissões de carbono abastecerá o Projeto
  • Após o processamento, o concentrado de espodumena de lítio será transportado por camião para uma refinaria local ou para outros clientes
  • O porto de águas profundas de Leixões está localizado a apenas 145 km de camião, a oeste
  • A curta distância até ao porto reduz a pegada de carbono para o produto entregue

Perspetiva geral do projeto

O Projeto Lítio do Barroso localiza-se no norte de Portugal, no Município de Boticas, a aproximadamente 145 km a nordeste da cidade do Porto e do porto industrial de Leixões. Tendo assumido uma participação inicial de 75 % no Projeto em maio de 2017, a Savannah assegurou 100% do Projeto em 2019 e expandiu o Projeto, adicionando a Proposta de Licença de Concessão do depósito adjacente “Aldeia” (3 blocos totalizando 2,94 km2) à Licença de Concessão C-100 original concedida (5,42 km2, válida até 2036, prorrogável por 20 anos). O Projeto está agora bem estabelecido como o projeto de espodumena de lítio mais significativo da Europa Ocidental.

Com base na sua mineralogia de espodumena de lítio e nos resultados de prospecção e desenvolvimento alcançados até ao momento, a Savannah acredita que o Projeto Lítio do Barroso é o análogo europeu mais próximo dos projetos bem-sucedidos de lítio de rocha dura australianos, que produzem concentrados de espodumena de lítio altamente procurados pelos mercados internacionais.

Quando a Savannah adquiriu o seu interesse inicial no Projeto, em maio de 2017, não existia uma estimativa de recursos minerais no Projeto. Desde então, a empresa concluiu mais de 31 000 m de perfuração focada recursos e rapidamente delineou um recurso compatível com o Código JORC (2012) de 28 Mt contendo 293 400t de Li2O a um grau médio de 1,05 % de Li2O (725 521t equivalente em carbonato de lítio, “LCE”) em cinco depósitos minerais, em junho de 2023. Também é digno de nota o baixo teor de ferro do Projeto (média de 0,8 % Fe2O3), pois este é considerado um elemento prejudicial em concentrados de espodumena de lítio.

Como mostra a tabela seguinte, 66% do total do minério atual e dos recursos de Li2O contidos são classificados nas categorias Medido e Indicado, sendo que 63 % do recurso total (17,7 Mt, 181 800 t Li2O) está localizado no depósito do Grandão, atual da Licença de Concessão.

 

Depósito

Recurso Classificação

Toneladas (Mt)

Li2O Grade (%)

Fe203 Grade (%)

Li2O  (t)

Grandão

Grandão

Medido

6.6

1.1

0.7

71,600

Indicado

6.4

1.0

0.8

61,300

Calculado

4.8

1.0

0.7

48,900

Sub­total

17.7

1.04

0.7

181,800

Reservatorio

Reservatorio

Medido

Indicado

3.5

0.95

0.8

33,000

Calculado

0.7

0.9

0.9

6,500

Sub­total

4.2

0.94

0.7

39,500

Pinheiro

Pinheiro

Medido

Indicado

Calculado

2.0

1.0

0.7

20,000

Sub­total

2.0

1.0

0.7

20,000

NOA

NOA

Medido

Indicado

0.4

1.2

0.8

4,200

Calculado

0.3

1.0

0.9

2,900

Sub­total

0.6

1.1

0.9

7,100

Aldeia

Aldeia

Medido

Indicado

1.6

1.3

0.5

21,300

Calculado

1.8

1.3

0.4

23,700

Sub­total

3.5

1.3

0.4

45,000

Todos os depósitos

Todos os depósitos

Medido

6.6

1.1

0.7

71,600

Indicado

11.8

1.0

0.7

119,800

Calculado

9.6

1.1

0.9

102,000

Sub­total

28

1.05

0.8

293,400

*Podem ocorrer discrepâncias de arredondamento

Muitos dos depósitos minerais do Projeto permanecem em aberto para uma maior expansão de recursos em várias direções, e grande parte da área mais ampla do Projeto permanece relativamente inexplorada até ao momento. Assim, a Savannah acredita que existe um potencial significativo para uma definição mais aprofundada de recursos. Parte desse potencial adicional é representado pelas Metas de Prospecção suplementares, que foram estimadas para três dos cinco depósitos minerais atuais. Além disso, deve ser notado que, apesar do aumento na estimativa de recursos do JORC, estas Metas de Prospecção também aumentaram significativamente em termos de tonelagem ao longo do tempo, atingindo um intervalo de 11-19 Mt em junho de 2023.

FAIXA DE TONELAGEM(Mt)

Depósito

Inferior

Superior

Li2O Grade(%)

Reservatorio

Reservatorio

5.0

7.0

1.0-1.2%

Grando

Grando

4.0

8.0

1.0-1.2%

Alderia

Alderia

2.0

4.0

1.0-1.3%

Todos os depósitos

Todos os depósitos

11.0

19.0

1.0-1.2%

*Nota de advertência: A potencial quantidade e grau das Metas de Recursos Adicionais são de natureza concetual, não tendo havido um trabalho de prospeção suficiente para estimar um recurso mineral, e é incerto se a prospeção adicional resultará na definição de um recurso mineral.

Embora o lítio seja o foco principal do Projeto, também existe capacidade para produzir outros minerais como, feldspato e quartzo, muito procurados pelas grandes indústrias de cerâmica e vidro presentes em Portugal e Espanha. Em apoio aos seus planos de produzir estes minerais juntamente com o lítio, a Savannah publicou a sua estimativa inicial de recursos para quartzo e feldspato no depósito do Grandão, em setembro de 2019.

Depósito

Recurso Classificação

Toneladas (Mt)

Quartzo Grau (%)

Mt

Feldspato Grau (%)

Mt

Grandao

Grandao

Medido

7.1

32.6

2.32

42.8

3.05

Indicado

6.3

34.6

2.17

42.6

2.67

Calculado

1.0

30.9

0.30

40.3

0.39

Total

14.4

33.4

4.79

42.6

6.11

A Savannah publicou dois estudos de âmbito do Projeto, o primeiro em junho de 2018 e o mais recente em junho de 2023.

Tal como no estudo de âmbito de 2018, o mais recente estudo de âmbito basea-se no desenvolvimento de uma mina e concentrador apenas para a produção de concentrado de espodumena, reconfirmando que o Projeto tem potencial para ser uma importante fonte doméstica de lítio convencional, de baixo custo e baixas emissãoes, de matéria-prima para a Europa.

O Estudo de Âmbito de 2023 basea-se no Plano de Lavra e Relatório Ambiental que foram submetidos ao regulador português em março de 2023 e que receberam uma Declaração de Impacto Ambiental (DIA) favorável em maio de 2023. Este estudo de âmbito inclui também o depósito Aldeia que Savannah tem o direito de adquirir uma vez que a respectiva licença seja emitida.

Plano de Lavra

O Plano de Lavra para o Estudo de Âmbito basea-se numa taxa anual de execução da mina de 1,5 Mt de minério por ano, com uma vida útil estimada do teor médio de carga da mina de 0,96% Li2O (diluído), uma taxa geral de extração de 5,9:1 (resíduo:minério) e uma vida útil da mina de 14 anos (LOM). É importante notar que este é um estudo de âmbito, e o plano de mina resultante de 20,5Mt não pode ser classificado como uma Reserva de Minério de acordo com as diretrizes do JORC (2012).

O plano concetual contempla sete fases das cortas, dos cinco depósitos modelados até o momento:

  • Pinheiro (fase única)
  • Grandão (2 fases), ver Figura 3
  • Reservatório (2 fases)
  • NOA (fase única)
  • Aldeia (fase única)

Fluxograma

O fluxograma do projeto, que foi projetado e testado de acordo com os requisitos do Estudo de Viabilidade, combina um DMS e um circuito de flutuação utilizando reagentes biodegradáveis para produzir um concentrado de espodumena de 5,5% de Li2O. Durante a vida útil da mina, o Estudo de Âmbito mostra a planta de processamento produzindo 2,6Mt de concentrado de espodumena com 5,5% de Li2O a uma taxa média de produção anual de ~191.000tpa

Os rejeitados da Lavaria são engrossados e empilhados a seco, o que elimina a necessidade de uma barragem de rejeitados e reduz o impacte geral da operação. O material pegmatítico de baixo teor que não faz parte da alimentação do concentrador foi quantificado para que a oportunidade de venda deste material possa ser avaliada. O Estudo de Âmbito assume vendas de 100.000 t/ano. A oportunidade de produzir um 'Subproduto Cerâmico' (feldspato/quartzo), a partir dos rejeitados da lavaria, para a indústria cerâmica local também foi investigada, e o Estudo de Âmbito assume vendas anuais de 400.000 t.

O Estudo de âmbito de 2023 também destacou as características económicas robustas e o apelo ao investimento do Projeto de Lítio Barroso, que está programado para começar a produzir concentrado em meados de 2026, sujeito à conclusão do DFS (Estudo de Viabilidade) e ao financiamento do projeto.

Os destaques económicos incluíram um VLP8 após impostos de US$ 953 milhões, TIR de 77% e período de retorno de 1,3 anos com base na receita de Vida da Mina ('LOM') de US$ 4,2 bilhões; LOM EBITDA de US$ 2,8 bilhões; e fluxo de caixa livre de impostos da LOM de US$ 1,7 bilhão. Os pressupostos de preço no estudo incluíram um preço LOM de concentrado de espodumena com teor médio de 5,5% de US$ 1.464/t contra os preços spot atuais de teor de 6% de US$ 3.500/te o custo operacional médio LOM C1 foi calculado em US$ 292/t de concentrado (incluindo créditos de subproduto). O CAPEX inicial foi estimado em US$ 236 milhões (excluindo contingências), incluindo US$ 40 milhões para medidas relacionadas com a comunidade.

Parâmetros operacionais e pressupostos:

RECURSO MINERÁVEL (JUNHO DE 2023)

RECURSO MINERÁVEL (JUNHO DE 2023)

20.5Mt a 1.05% Li2O. Todo a céu aberto

TAXA DE VIDA ÚTIL DA MINA (RESÍDUOS: MINÉRIO)

TAXA DE VIDA ÚTIL DA MINA (RESÍDUOS: MINÉRIO)

5.9: 1

VIDA INICIAL DA MINA

VIDA INICIAL DA MINA

14 anos a 1.5Mtpa taxa de transferência

CIRCUITO DE PROCESSAMENTO E TAXA DE RECUPERAÇÃO

CIRCUITO DE PROCESSAMENTO E TAXA DE RECUPERAÇÃO

Britagem-­Moagem-Separação por Meios Densos-Flutuação (73% recuperação)

PRODUÇÃO E ESPECIFICAÇÃO CONCENTRADA

PRODUÇÃO E ESPECIFICAÇÃO CONCENTRADA

191ktpa, 5.5% Li2O teor de concentrado de espodumena

PRODUÇÃO DE CONCENTRADO COMO LCE/HIDROXIDO DE LÍTIO EQUIVALENTE (LÍQUIDO DE PERDAS DE PROCESSAMENTO ASSUMIDAS NUMA PLANTA DE CONVERSÃO QUÍMICA)

PRODUÇÃO DE CONCENTRADO COMO LCE/HIDROXIDO DE LÍTIO EQUIVALENTE (LÍQUIDO DE PERDAS DE PROCESSAMENTO ASSUMIDAS NUMA PLANTA DE CONVERSÃO QUÍMICA)

25ktpa; 29ktpa. Suficiente para 0.5M 60kWh baterias de carro por ano

SUBPRODUCTS

SUBPRODUCTS

400.000tpa de Subprodutos Cerâmicos (Feldspato/quartzo); 100ktpa de pegmatito de baixo teor

CAPEX INICIAL

CAPEX INICIAL

US$ 236 milhões (excluindo contingências e incluindo US$ 40 milhões em medidas relacionadas com a comunidade)

CAPITAL DE SUSTENTAÇÃO E CUSTOS DE ENCERRAMENTO

CAPITAL DE SUSTENTAÇÃO E CUSTOS DE ENCERRAMENTO

US$49m

LOM C1 CUSTO OPERACIONAL DE CAIXA (US$/T CONC)

LOM C1 CUSTO OPERACIONAL DE CAIXA (US$/T CONC)

US$ 292/t. Os custos operacionais C1 incluem todos os custos de exploração, processamento, transporte, G&A e comunitários, e são líquidos de créditos de subprodutos cerâmicos e excluem royalties

É intenção da Savannah conceber e operar o Projeto Lítio do Barroso de forma a minimizar o seu impacto no ambiente natural e, ao mesmo tempo que maximiza os benefícios para as comunidades locais e a sociedade, garantir que o seu produto de lítio implica uma pegada de carbono mínima na cadeia de fornecimento de baterias de lítio. 

Para complementar a Avaliação de Impacte Ambiental altamente abrangente apresentada sobre o desenvolvimento proposto à Agência Portuguesa do Ambiente, (APA), a Savannah anunciou o início de uma estratégia de descarbonização para o Projeto em março de 2022. A trabalhar com os principais consultores e prestadores de serviços na área, a Savannah está empenhada em avançar no sentido de reduzir as emissões de Âmbito 1 e 2 no Projecto Lítio Barroso para neutralidade carbónica uma vez em produção mas, em última análise, pretendemos ser neutros em carbono durante a vida útil do projeto, e visando a redução das suas emissões de Âmbito 3 em colaboração com os seus futuros clientes.

Savannah forneceu uma atualização sobre a fase inicial do estudo em fevereiro de 2023, que confirmou que o Battery Electric Mining Equipment fornecerá os meios mais eficazes e flexíveis para reduzir as emissões do Âmbito 1 no Projeto para zero (as emissões do Âmbito 1 representam 68% do total do Âmbito 1 e 2). A fase inicial do estudo também constatou que a estimativa das emissões de referência do Âmbito 2 foi reduzida em 54% em relação à previsão original de 2019, com base no potencial de reduçãode energia estimada da planta do Projeto e uma redução de 41% nas emissões associados à rede elétrica de Portugal (em 2021, 62,2% da energia elétrica da rede portuguesa foi gerada a partir de fontes renováveis).

Com base nessas descobertas iniciais, o trabalho futuro para a descarbonização do Projeto incluirá: análise mais detalhada das opções disponíveis para Savannah de forma a garantir 100% de energia renovável para o Projeto e estudos com várias OEMs especialistas em equipamentos de mineiros, de forma a determinar uma solução específica para uma transição da frota mineira operada por bateria e infraestrutura de carregamento associada.

consulte Mais informação

A Savannah está a empreender negociações com uma série de potenciais parceiros de compra para o concentrado de lítio e os produtos de quartzo e feldspato do Projeto. Para diversificar o seu risco de contraparte, a empresa espera ter mais de um cliente para cada um dos seus produtos e espera que a maioria das vendas seja feita nos termos de contratos de longo prazo.

A Savannah tomou a decisão estratégica de deixar 100% da produção não alocada até que a permissão (DIA) fosse recebida e as métricas do Estudo de âmbito fossem atualizadas para refletir o novo design do projeto. Dado o aperto contínuo no mercado de lítio, a empresa teve uma procura do concentrado de espodumena da parte de refinadores, participantes da cadeia de valor das baterias, OEMs, comerciantes e muitos mais, sem precedentes.

A Savannah buscará usar parcerias comerciais como fontes de financiamento para acelerar o desenvolvimento do Projeto Lítio do Barroso e tem como alvo a seleção de parceiros nos próximos 12 meses.

A Savannah aumentou a sua exposição à prospeção para lítio no norte de Portugal através da aquisição em 2018 das áreas Aldeia da proposta de Licença de Concessão, adjacentes à Licença de Concessão C-100 que sustenta o Projeto Lítio do Barroso.

Atualmente, as entidades portuguesas estão a tratar dos preparativos para um novo processo de concurso para a prospecção de lítio, que a Savannah acredita irá ajudar a estabelecer o norte de Portugal como um importante centro de produção de lítio do futuro, para a cadeia de fornecimento de baterias de lítio da UE.

A Europa Continental consome atualmente cerca de um quarto do lítio do mundo e foi uma das primeiras a adotar os VE e soluções de armazenamento de baterias. Com a produção de baterias pelos principais fabricantes europeus em rápida expansão, quaisquer potenciais fontes domésticas de matéria-prima de lítio tornaram-se estrategicamente importantes e serão muito procuradas. Como um pilar fundamental para sua proposta de Lei de Matérias-Primas Críticas, a Comissão Europeia estabeleceu uma meta de que pelo menos 10% da procura da Europa por matérias-primas críticas, como o lítio, seja atendida por suprimentos domésticos. A Savannah acredita que o Projeto Lítio do Barroso está idealmente posicionado para satisfazer tal necessidade estratégica. Se o Projeto for desenvolvido conforme proposto, prevê-se que se tornará uma das mais significativas operações de produção de matéria-prima de lítio na UE. Pode encontrar mais informações sobre da revolução da mobilidade elétrica na Europa na secção “Lítio” no nosso website.